segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

.

Apenas peço para que eles não falem comigo. Quero ficar só. Hoje não haverá poesia, somente a chuva que esgota a possibilidade de vislumbrar estrelas. Olho para a noite escura e sinto uma tristeza tão forte que chega a doer fisicamente, uma dor para a qual remédio já não há. E não sinto apenas dor. Sinto como se minha vida já não mais me pertencesse...

.